Mais de 5 mil visitantes discutem sustentabilidade e tecnologia nos setores do calçado e madeira na Exponor

A FIMAP e a Maquishoes levaram à Exponor as últimas novidades em inovação, tecnologia e materiais destinados às indústrias do calçado e madeira, dois setores de grande peso na economia nacional.

De 7 a 9 de novembro, a Exponor acolheu cerca de 120 empresas e mais de 5.000 profissionais que fizeram parte de dois eventos simultâneos, altamente especializados em setores estratégicos na economia nacional. Organizados pela Exponor Exhibitions, a Maquishoes– Feira de Máquinas, Tecnologia e Acessórios para a Indústria do Calçado e a FIMAP– Feira Internacional de Máquinas, Acessórios e Serviços para a Indústria da Madeira apresentaram inovações tecnológicas, promoveram a concretização de negócios e refletiram sobre um futuro mais sustentável.

Tendo como ponto de partida a busca por soluções inovadoras, flexíveis, integradas e competitivas, a agenda de conferências paralelas da Maquishoes incidiu sobre a urgência da execução de práticas sustentáveis e a importância e benefícios da economia circular no combate às alterações climáticas.

Neste sentido, Pedro Fernandes, Technical Manager da Climate Change na APCER, relembrou que, no final de maio deste ano, Portugal já tinha gasto todos os recursos naturais referentes a 2019. “Torna-se imperativo estudar a cadeia de valor e sensibilizar as indústrias a desenvolver produtos mais inovadores e amigos do ambiente, recorrendo a energias renováveis e soluções tecnológicas mais limpas que reduzam também, a longo prazo, o impacto económico”. A economia circular, por sua vez, “incentiva a manter as matérias que nos chegam da natureza o maior tempo possível em utilização e a acabar com o estatuto de resíduos, isto é, a olhar os resíduos como matéria prima com capacidade de ser reutilizada e não descartada”.

Entre fabricantes nacionais e marcas espanholas, francesas, italianas, alemãs e belgas, a FIMAP reuniu a indústria da madeira em plena harmonia com a alta tecnologia. Colocando em discussão tendências, estratégias e soluções, o evento contou com momentos de networking e promoveu atividades que contribuíram para reflexão sobre temas estruturantes, tal como a exploração e gestão florestal.

As atenções voltaram-se para o workshop de “Capacitação e oportunidades para a indústria da madeira”, a cargo do Produtech – Pólo das Tecnologias de Produção, que teve como objetivo “disseminar tendências e oportunidades, responder a alguns dos desafios e requisitos como a competitividade, a sustentabilidade e a inovação na indústria transformadora e perspetivar os próximos anos”, explica Pedro Rocha, Diretor Executivo da Produtech.

Assim, ao longo de três dias, estes três eventos altamente especializados em três setores de grande peso na economia nacional mantiveram-se de olhos postos em oportunidades de negócio direcionadas para os profissionais de cada setor, na criação de sinergias e em momentos de aprendizagem e reflexão sobre questões fundamentais que irão contribuir para os próximos passos no caminho de cada indústria.

Spread the love

Sempre Conectado

Criamos pontes de contacto, incentivamos sinergias, aproximamos pessoas.
Exponor Exhibitions. Bringing People Together.