In Beauty recebe mais de 20.000 visitantes em três dias dedicados às novidades do mundo da beleza

Beleza sem género, inovação tecnológica e sustentabilidade foram os três temas em destaque na 7ª edição da In Beauty – Feira Internacional de Estética, Cosmética e Cabelo.

De 26 a 28 de outubro, o Altice Arena abriu portas à 7ª edição da In Beauty que juntou mais de 100 marcas e empresas de estética, cosmética e cabelo. O evento atraiu mais de 20.000 visitantes, entre os quais 70% de profissionais e 30% público geral, para apresentar e debater os temas que estão a revolucionar a indústria da beleza a nível mundial.

No evento, organizado pela Exponor Exhibitions, entre as novidades e as tendências apresentadas encontraram-se cosméticos naturais holísticos, óleos essenciais, gomas multivitamínicas e shampoos ecológicos e ricos em extratos de plantas. Segundo Amélia Estevão, diretora do evento, “pretendemos ser uma montra do melhor que o setor tem para apresentar, privilegiando temas estruturantes e preocupações a nível internacional e sobretudo fomentar negócios e inspirar quem nos visita”.

Sob o tema “Gender Neutral”, esta 7ª edição desmascarou preconceitos e apresentou soluções versáteis e descomplicadas, que atravessam fronteiras de género e simplificam rotinas de beleza. Dos produtos unissexo, que se adaptam ao homem e à mulher, aos rituais multifunções que atuam sobre a pele e o cabelo, muitas foram as novidades para conhecer nesta edição.  Aliada a esta tendência, está a inovação tecnológica, outro dos temas em foco, sobretudo na área da dermoestética, em permanente e rápida evolução. 

A par das novidades e tendências, a In Beauty promoveu momentos de partilha e reflexão sobre temas estruturantes para a indústria, através das “Beauty Talks”. Sobre a beleza sem género, Susana Bravo, hairstylist do Metrostudio Hair, defende que “o mais importante é conhecer bem os produtos para fazer o diagnóstico mais acertado e tirar o melhor partido de cada produto”. Já Ricardo Pedro, Pro.Visual.Artist, concorda que os homens estão cada vez mais atentos e abertos à cosmética, procurando “produtos simples e versáteis, que se ajustem às suas rotinas diárias”.

Refletindo sobre práticas sustentáveis, Anabela Silva, Formadora e Coordenadora da Thalgo, acredita que “o consumidor está mais sensível à composição e origem dos produtos, procurando soluções naturais, que cumpram a legislação e boas práticas ambientais”. Neste contexto, Frederic Blanchon, Diretor da L’Oreal Professional, sublinha que “a evolução tecnológica pode ser uma grande aliada da sustentabilidade, colaborando com o combate ao desperdício, através da criação de produtos mais duráveis, mais sustentáveis e recicláveis”.

Renato Cunha, Diretor Executivo da Papillon London Cosmetics for Men, vê a inovação tecnológica como um aliado à sua prática profissional. “Partimos primeiro de um diagnóstico de tendências e necessidades e depois, graças à evolução tecnológica, em menos de um ano conseguimos colocar um novo produto no mercado e responder a essa necessidade”.

As atenções voltaram-se ainda para a “Beauty Wall”, uma iniciativa que resultou do desafio lançado a três profissionais e uma marca de renome a apresentarem uma seleção de produtos que evidenciam as principais novidades tecnológicas que redefinem a beleza, com destaque para práticas inovadoras e sustentáveis.

Spread the love

Sempre Conectado

Criamos pontes de contacto, incentivamos sinergias, aproximamos pessoas.
Exponor Exhibitions. Bringing People Together.