História


A EXPONOR - Feira Internacional do Porto é uma empresa da Associação Empresarial de Portugal - Câmara de Comércio e Indústria (AEP), organismo fundado no Porto em 1849, como Associação Industrial Portuense, por José Vitorino Damásio e outros homens de negócio da região.

Com uma sólida experiência da organização de feiras, a EXPONOR dá continuidade e uma longa tradição da AEP que data de há mais de 150 anos. De facto, a AEP promoveu a primeira feira industrial em 1856 e, mais tarde, foi responsável pela Exposição Industrial do Porto de 1861, que teve lugar no Palácio da Bolsa do Porto, contando com oito halls e galerias que exibiam o estado da arte da produção industrial de então.

Mas foi em 1865 que a Associação revelou o seu verdadeiro talento para exposições ao organizar a Exposição Industrial Internacional do Porto e da Península, no recinto de ferro e vidro do Palácio de Cristal, construído especificamente para o efeito. A Exposição Industrial, para além de contar com a visita oficial do rei D. Luís, de Dona Maria Pia e do príncipe herdeiro, contou ainda com 3.139 expositores, dos quais 499 franceses, 265 alemães, 107 ingleses, 89 belgas, 62 brasileiros, 24 espanhóis, 16 dinamarqueses e ainda representantes da Rússia, Holanda, Turquia, Estados Unidos da América e Japão.

Ao longo dos anos, as atividades da Associação foram incluindo a organização e a participação em inúmeras feiras no Porto, em Lisboa e nas colónias portuguesas do tempo.

Em 1964 foi criado um departamento próprio para a realização de certames industriais. No período compreendido entre 1968 e 1986, realizaram-se 74 exposições às quais ocorreram 5.200 expositores e quase 2 milhões de visitantes. Estes certames decorreram no recinto do Pavilhão dos Desportos que, entretanto, sucedeu ao antigo Palácio de Cristal.

Em 1987 foi inaugurado o Parque de Exposições EXPONOR em Leça da Palmeira – Matosinhos, com 20 mil m2 de área coberta, fruto de uma parceria entre a Associação e o Gabinete Portex. Três anos mais tarde, assistiu-se à primeira fase de expansão, com a ampliação do centro de congressos e a construção de mais um pavilhão. Nos anos seguintes, o espetacular crescimento verificado no número de feiras e na área exposicional ocupada obrigou a EXPONOR a crescer e a levar a cabo numerosos programas de melhoria e alargamento do espaço físico.

Apostando na internacionalização das feiras e da sua atividade, em 1991 a EXPONOR aderiu à UFI - The Global Association of the Exhibition Industry, a principal instituição internacional do sector das feiras e exposições. Em 1998 passou a organizar certames fora de Portugal, com as primeiras feiras em Ourense (Galiza, Espanha) e na Cidade da Praia (Cabo Verde). Num período de crescente de globalização das economias e com as relações entre o Mercosul e a União Europeia a assumir um papel cada vez mais significativo, em 1999 foi criada a EXPONOR BRASIL com sede na cidade de São Paulo, dedicada à organização de feiras e exposições na América do Sul.

Foi também em 1999 que a EXPONOR iniciou a implementação do seu Sistema de Gestão da Qualidade, que acabou por merecer a certificação pela norma ISO 9001 conferida pela APCER em agosto de 2001. Desta forma, a EXPONOR tornou-se no primeiro organizador de feiras em Portugal a poder ostentar este galardão e num dos primeiros a nível mundial.

Em conjunto com os dois principais organizadores de feiras nacionais, em 2002 a EXPONOR participou na fundação da Associação Portuguesa de Feiras e Congressos. A APFC surgiu da convicção da importância que a atividade das feiras tem para o desenvolvimento económico do país, nomeadamente no apoio à internacionalização das empresas nacionais, captação de investimento estrangeiro e os ganhos diretos e indiretos para o desenvolvimento das regiões onde estão inseridos os respetivos espaços.

Recentemente, a EXPONOR adotou um novo modelo de negócio, com separação entre as vertentes imobiliária e de organização e gestão de eventos. Os ativos patrimoniais fixos do Parque de Exposições da EXPONOR passaram a integrar a primeira Sociedade Especial de Investimento Imobiliário de Capital Fixo (SICAFI) a operar em Portugal, com o nome NEXPONOR, admitida à cotação no NYSE Alternext por mais de 65 milhões de euros.

Em paralelo, foi criada uma nova empresa que detém a gestão exclusiva do Parque de Exposições e plenos direitos sobre as marcas e títulos relacionados com as feiras e eventos propriedade da AEP. Embora as feiras mantenham um papel nuclear, a ‘nova’ EXPONOR vai mais além: é uma verdadeira plataforma de negócios para as empresas, integrando um conjunto de soluções para a concretização de parcerias comerciais, que considera não só a participação em feiras profissionais e em eventos técnicos especializados, no Parque de Exposições da EXPONOR e em outros locais do país, mas também ações de internacionalização.

Posicionando-se como o mais forte aliado das empresas na abertura de canais de comercialização, na captação de novos clientes e no aumento das suas vendas, a EXPONOR é, também, um centro de difusão de conhecimento e inovação.