Maquitex e Maquishoes/Expocouro levam à Exponor a inovação dos setores têxtil, do calçado e das peles 10.10.2017
-
A Exponor recebe, entre 19 e 21 de outubro, o melhor de dois dos setores em maior expansão e que representam uma fatia assinalável das exportações portuguesa, o têxtil e o calçado. Os mais recentes avanços tecnológicos para potenciar a produção estarão em destaque na Maquitex e na Maquishoes, demonstrando desta forma o vigor de uma área que é, ainda, responsável por um número fundamental do emprego em Portugal. O setor dos couros e peles, intimamente ligado a estas atividades, também marcará presença na mesma ocasião, com a realização da Expocouro.

A Maquitex é a maior feira ibérica destinada a um setor exportador em forte crescimento, sendo um evento com forte tradição em Portugal e que regressa após um interregno de dois anos, num modelo de parceria entre a Exponor e uma empresa, a OFFE. Trata-se de um palco privilegiado para a apresentação das últimas novidades em máquinas e tecnologia para o têxtil, assumindo-se assim como um espaço de networking por excelência. É ainda uma oportunidade para renovar, ou reforçar, a capacidade produtiva das empresas.

Com uma área bruta de aproximadamente 15 mil metros quadrados, a Maquitex vai contar com 90 expositores diretos e 300 indiretos, o que significa que a feira triplicou de área, muito fruto do dinamismo que se tem vindo a verificar no setor. A verdade é que o crescimento sustentado desta área resulta numa franca recuperação do ambiente de negócios, sendo que, em 2016, as exportações terão ultrapassado os 5 mil milhões de euros.

A Maquitex será ainda uma boa oportunidade para aferir os resultados do ajustamento que a indústria necessitou de empreender nos últimos anos, fruto da intensa concorrência internacional. Após um período de forte contração e crise, fruto da globalização e deslocalização da produção para muitas empresas asiáticas e com o fim das restrições alfandegárias ao comércio têxtil que entraram em vigor em janeiro de 2005, as empresas nacionais voltaram paulatinamente a conquistar antigos e novos clientes, fruto da aposta na tecnologia, design, preço, qualidade e capacidade de resposta.

A realização da Maquishoes/Expocouro vem também confirmar a pujança de um setor charneira na economia nacional. A feira dedicada à tecnologia e matéria-prima para a área do calçado duplica de tamanho em relação à última edição, realizada em 2015, e conta com o dobro dos expositores. Na edição deste ano, acrescentaram-se as mais recentes novidades em peles e curtumes, um setor que está intimamente ligado ao do calçado.

Vinte novas empresas, num total de 40 expositores, levam à Exponor o que de melhor o mercado tem para oferecer em termos de máquinas e equipamentos para o setor do calçado, componentes para calçado, matérias-primas, curtumes, peles e software para as indústrias.
Fonte: MSImpacto – Comunicação e Assessoria de Imprensa
<< voltar